28
nov

Por que devemos defender a Rede Federal: sindicato disponibiliza nova cartilha

O SINASEFE disponibiliza nesta quarta-feira (28/11) a primeira Cartilha da Campanha em Defesa da Rede Federal. Dividido em cinco eixos, o material apresenta informações para instrumentalizar a luta dos trabalhadores diante das repetidas ameaças à existência da Rede. Itens como o combate ao assédio moral, ao projeto Escola Sem Partido, à Reforma do Ensino Médio e à reestruturação dos institutos federais estão em pauta. Pautas específicas da categoria também estão colocadas na Cartilha: flexibilização da jornada (30h) e o combate ao ponto eletrônico.

Cartilha
A Cartilha tem 29 páginas e contempla cinco eixos: Contra o corte de verbas e a Emenda Constitucional 95/16; Combate ao Assédio Moral; Contra o desmonte da Educação Pública: abaixo o “Escola Sem Partido”, pela revogação da Reforma do Ensino Médio e não à proposta de BNCC; Pela autonomia da Rede Federal: pela flexibilização da jornada TAE (30h), contra o ponto eletrônico e contra o ponto docente & O Perigo da Reestruturação da Rede Federal.

Baixe aqui a cartilha em PDF.

Sobre a Campanha

A Campanha “Em Defesa da Rede Federal: Educação não é mercadoria, é Direito!” foi lançada com o objetivo de denunciar todos os ataques à Educação Pública que estão em curso para mobilizar a sociedade, aglutinar as lutas e derrotar as ofensivas do governo Temer contra a Rede Federal de Ensino.

Além das interações com trabalhadores e estudantes da Rede Federal (com a recepção de denúncias e o concurso de memes), a Campanha disponibiliza materiais para divulgação nos locais de trabalho (cartaz, camiseta, adesivo, etc).